Notícias‎ > ‎

Alunos participam da 18ª edição da Maratona de Programação.

postado em 23 de set de 2013 04:28 por Elthon Oliveira   [ 23 de set de 2013 04:29 atualizado‎(s)‎ ]
Nove estudantes do curso de Ciência da Computação do Campus Arapiraca da Universidade Federal de Alagoas participaram da primeira fase da 18ª edição da Maratona de Programação. O evento, promovido pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC), foi realizado no último sábado, 14 na Universidade Federal do Sergipe (UFS) e os resultados alcançados pelos alagoanos foi bastante positivo.

“Os alunos de Arapiraca ocuparam a segunda, terceira e sexta colocações. Esse foi um resultado excelente se formos levar em conta que eles estão tendo o contato com a Programação apenas há um ano e que esta foi a primeira vez em que participaram de uma competição deste nível”, explicou o professor Elthon Oliveira, um dos responsáveis pelo treinamento dos estudantes.

Ao lado do professor Alexandre Barbosa, também orientador dos alunos, eles destacaram a organização do evento e falam sobre sua importância. “Essa competição promove nos estudantes a criatividade, a capacidade de trabalho em equipe, a busca de novas soluções de software e a habilidade de resolver problemas sob pressão”, revelaram os professores.

A equipe que participou do evento falou sobre a oportunidade. Para Gabriela Nunes, a competição se equipara a um momento de diversão entre amigos, proporcionando-os conhecimento e experiência. Na opinião de José Alisson, o trabalho em equipe foi essencial para o bom desempenho da turma. Enquanto que Yana Kellen disse que o primeiro passo para participar do evento era o gosto pela programação.

“Ter estratégias em mente e saber interpretar a lógica das questões têm grande importância, mas a maioria dessas características também servem para descrever outra competição qualquer. Algumas características são específicas da maratona, como os “balõezinhos” ganhos a cada acerto que te faz buscar a mesma quantidade das outras equipes. Isso acaba sendo engraçado e fez da maratona uma competição única”, disseram os estudantes.

Fonte: Ascom UFAL